Aprendiz Legal – Para participar do programa, tanto empresa quanto jovem precisam entender o conceito da proposta. A seguir estão detalhados os pontos mais relevantes desse movimento.

O que é o Aprendiz Legal?

Aprendiz Legal é um programa que visa não apenas preparar, mas também inserir os jovens brasileiros no mercado de trabalho.

Com base na Lei 10.097/2000, que prevê a contratação de jovens entre 14 e 24 anos por empresas de grande e médio porte, a iniciativa tem como objetivo incitar a autonomia dos jovens participantes do programa Jovem Aprendiz, elevando assim a autoestima deles e lhes dando consciência do papel que têm na sociedade.

Publicidade

Como Funciona?

Programa Aprendiz Legal 2019

Veja tudo sobre o Programa Aprendiz Legal 2019!

Ao Aprendiz, basta cumprir o requisito básico de estar dentro da faixa etária exigida pelo programa (de 14 a 24 anos) e, consequentemente, estar cursando o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio. No entanto, para os candidatos portadores de deficiência, o limite de idade é inexistente.

Em seguida, é necessário buscar no site do Aprendiz Legal por uma instituição participante e realizar o cadastro para se candidatar a uma oportunidade.

Para as empresas, antes de tudo, é preciso ter consciência de que a Lei da Aprendizagem determina claramente que, do seu quadro total de colaboradores, de 5% a 15% deles devem estar dentro do perfil de aprendiz.

Publicidade

No site do programa, é possível encontrar os dados de contato da unidade responsável pela implementação da iniciativa em cada estado do país.

Curso do Aprendiz Legal

O programa auxilia na profissionalização de seus jovens participantes oferecendo cursos que desenvolvem determinadas habilidades. Alguns exemplos são:

  • Comércio e varejo
  • Telemarketing
  • Logística
  • Produção industrial
  • Serviços bancários

CIEE Aprendiz Legal

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) dá continuidade ao programa, educando os seus jovens por meio de cursos capacitadores, em forma de oficinas, que simulam situações reais das posições que eles podem vir a assumir mediante a contratação.

Publicidade

Todas as atividades foram desenvolvidas para atrair e motivar os participantes do Aprendiz Legal. São distribuídos materiais impressos, enquanto que o acesso digital é disponibilizado na estante virtual do programa. Para os alunos com deficiência audiovisual, o módulo básico está transcrito em Braille e os demais se transformaram em áudio-livro.

Como fazer o cadastro no programa

Para cada vaga que despertar o interesse do jovem, deve ser seguido todo o processo de inscrição. Ou seja, não há como se inscrever uma única vez e concorrer a todos as vagas que estiverem disponíveis no momento.

Se o aprendiz cumpre com todos os pré-requisitos, ele pode se candidatar a uma oportunidade das seguintes maneiras:

  • Acessar o site do programa e verificando quais são as vagas abertas
  • Realizar a inscrição diretamente no site da empresa de seu interesse
  • Ir pessoalmente até a empresa de seu interesse para fazer a entrega do currículo
  • Solicitar suporte das unidades parceiras do programa, assim como o CIEE

Aderir à proposta da Lei da Aprendizagem é benéfico tanto para a empresa participante quanto para o jovem que se candidata. Não deixe de considerar essa grande ponte entre talento e contratante.

Além disso, conheça também os Cursos Pronatec!

Avalie