Em 2019, a previsão para o Jovem Aprendiz é de que haverá um recorde de inscrições! Então, é importante que você já se prepare e esteja bem informado de como fazer a inscrição no Jovem Aprendiz.

Primeiramente, você deve saber que não existe um cadastro nacional unificado do programa. As vagas são conseguidas por meio de alguns processos seletivos, cada qual com uma inscrição.

Assim, quanto mais inscrições você fizer, mais chances terá! Além disso, não há nenhum custo com cursos ou na realização da inscrição no programa.

Publicidade

E, quando você for contratado como aprendiz, terá um emprego de carteira assinada, com todos os direitos trabalhistas e jornada de trabalho reduzida.

Também receberá formação profissional durante a vigência do contrato, que pode ser de até dois anos.

Se você quer participar, então confira nossas dicas abaixo e faça sua inscrição!

Publicidade

Como fazer a inscrição no Jovem Aprendiz

Como fazer a Inscrição no Jovem Aprendiz?

Foque nas inscrições para processos seletivos do Jovem Aprendiz dos bancos, pois essas instituições são as que mais contratam por meio do programa.

O Jovem Aprendiz Itaú e o Jovem Aprendiz Bradesco são abertos durante todo o ano, então, é bom manter o cadastro atualizado.

Também existem nos Centros de Aprendizagem, nos quais os interessados devem entrar em contato com as empresas parceiras e descobrir detalhes sobre os processos de seleção.

E, nos Centros de Aprendizagem, com um único cadastro, o candidato pode concorrer a diversas vagas. Exemplos de Centro de Atividade são o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e ISBET – Instituto Brasileiro Pró-educação, Trabalho e Desenvolvimento

Grandes empresas também são ligadas ao programa. Como, por exemplo, a Coca Cola, Caixa Econômica Federal, Correios, McDonald’s.

Então, se estiver interessado e cumpre os pré-requisitos exigidos, você deve:

  • Verificar as vagas disponíveis.
  • Fazer a inscrição nos sites das empresas parceiras do Programa Jovem Aprendiz.
  • Deixar seu currículo pessoalmente nas empresas.
  • Inscrever-se nos Centros de Aprendizagem.

Conheça o Programa Aprendiz Legal aqui!

Quem pode participar do Jovem Aprendiz 2019?

Antes de fazer a sua inscrição, deve-se verificar se tem os pré-requisitos visando ser um Jovem Aprendiz. Os pré-requisitos previstos em Lei são:

  • Idade entre 14 e 24 anos, com exceção às pessoas com deficiência, para as quais não há limite máximo de idade;
  • Estar frequentando a escola, se ainda não tiver terminado o ensino fundamental.

As empresas podem ter pré-requisitos também, tais, por exemplo, a exigência de conclusão do ensino fundamental ou médio. Em alguns casos, pessoas que já estiverem na faculdade também podem concorrer.

Muitas empresas dão prioridade a candidatos provenientes de famílias de baixa renda e estudantes de escolas públicas. É importante lembrar de que essa não é a regra geral.

DICA: Vagas no Jovem Aprendiz SENAI! Veja aqui!

Documentos necessários

Para ser contratado como Jovem Aprendiz, os documentos básicos para apresentar na empresa são:

  • Carteira de Trabalho.
  • Identidade.
  • CPF.
  • Comprovante de residência.

As empresas também podem solicitar a apresentação de uma declaração escolar que comprove que o aluno está regularmente matriculado.

É de fundamental importância que você já tenha todos os documentos assim que se candidatar, antes de ser chamado nas seleções.

Por isso, se você não tiver algum desses documentos, providencie o mais rapidamente possível! Não se arrisque a perder oportunidades.

Então, se você tem os requisitos previstos em Lei, faça sua inscrição no Programa Jovem Aprendiz 2019 e consigo o sonhado primeiro emprego!

Que tal fazer o Jovem Aprendiz no SENAC? Interessado? Então confira aqui!