Ao se juntar ao Programa Jovem Aprendiz 2019, é possível concorrer a centenas de vagas de emprego de carteira assinada. Assim, conseguindo todos os direitos trabalhistas com uma jornada de trabalho menor.

Além disso, o jovem aprendiz ganha uma formação profissional durante o período em que estiver trabalhando. E que pode durar até dois anos.

O objetivo dele é facilitar a entrada de jovens dentro do mercado de trabalho, sem ter experiência. Por isso, não há um cadastro único para conseguir o primeiro emprego. A fim de escolher quem vai ficar com a vaga, ocorrem vários processos seletivos. Sendo assim, quanto mais inscrições são feitas, maiores são as chances de ter o que deseja.

Publicidade

Como se inscrever no jovem aprendiz 2019?

Programa Jovem Aprendiz 2019

Veja como conseguir uma vaga no Programa Jovem Aprendiz!

Como não existe um cadastro único, é preciso se cadastrar nas instituições que possuem parcerias com as empresas que procuram por esse tipo de perfil profissional.  Sendo assim as principais instituições são:

Espro – Ensino Social Profissionalizante

Essa é uma intuição que não possui fins lucrativos, direcionada para os jovens que se encontram em uma situação de vulnerabilidade social e estão estudando nas escolas públicas.

Publicidade

Ela possui cursos de capacitação a jovens de forma gratuita. Além de fazer parcerias com várias empresas que têm programas de aprendizagem.

Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE)

O CIEE é uma associação que não possui fins lucrativos que conta com vários tipos de programas para a colocação de jovens no mercado de trabalho. Também, faz parcerias com empresas que realizam a contratação de aprendizes.

Publicidade

ISBET – Instituto Brasileiro Pró-educação, Trabalho e Desenvolvimento

O instituto não possui fins lucrativos e o seu objetivo é integrar os jovens as vagas de emprego que mantêm programas de aprendizagem.

Confira o Passo a Passo da Inscrição Jovem Aprendiz!

A fim de participar, os documentos que devem ser apresentados na empresa são:

  • Identidade
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Comprovante de residência
  • Declaração escolar de estar regularmente matriculado

Quem pode participar do Jovem Aprendiz 2019?

A fim de concorrer a uma vaga de Jovem aprendiz é preciso ter entre 14 e 24 anos. Com exceção daqueles que possuem alguma deficiência, aos quais não há um limite máximo de idade. Estar frequentando a escola, cursando o ensino fundamental, ensino médio ou ensino superior. Porém algumas empresas podem exigir a conclusão do ensino fundamental ou médio.

Obs.: Algumas empresas dão prioridade para quem faz parte de uma família de baixa renda e estuda em escolas públicas.

Qual é o salário do Jovem Aprendiz?

O salário médio para um jovem aprendiz é de R$ 782,00 por mês. Sendo que o valor pode variar de R$ 378,00 a R$ 1.045,00. São permitidos apenas os descontos legais no salário dos aprendizes, mais nenhum outro desconto.

Benefícios

Pelo fato de a contração ser por CLT, os benefícios oferecidos são os mesmos que possuem as outras pessoas que trabalham nela. Assim como auxílio alimentação, férias, entre outros. O vale-transporte oferecido deve ser o suficiente para o deslocamento da residência para as atividades teóricas e práticas.

As faltas que forem comprovadamente justificadas não levarão ao desligamento do programa. O aprendiz que é convocado para trabalhar em dia de eleição tem direito a dois dias de folga para cada dia trabalhado.

Carga Horária

A jornada de trabalho para um aprendiz é de até 6 horas diárias, no máximo, a quem não terminou o ensino fundamental, somando as horas com as atividades teóricas e práticas.

Já a quem concluiu o ensino fundamental, a carga de horas diárias é de 8 horas. Sendo que as horas destinadas de atividades teóricas e práticas somadas sejam de 6 horas de Aprendizagem prática e 2 de Aprendizagem teórica, por dia.

Como participar?

Se atender aos requisitos de inscrição, primeiramente deve separar os documentos, e ter todos em mãos na hora de fazer a inscrição. Com a documentação em dia, é preciso encontrar as empresas com vagas de Jovem Aprendiz pela internet a fim de participar da seleção.

Os bancos fazem o maior número de contratações e possuem uma área no site só para isso. Mas, algumas empresas não têm site para cadastro. Desse modo, é preciso fazer o cadastro através de entidades parceiras. Assim como as que foram citadas anteriormente.

Uma boa vantagem do cadastro nas empresas parceiras é que através de um único cadastro, é possível concorrer a mais de uma vaga.

Além disso, veja também sobre o Programa Aprendiz Legal!

Avalie